A menstruação é o sangramento regular vivido pela mulher, ocorrendo geralmente uma vez ao mês e tendo duração de 3-7 dias. A tensão pré-menstrual é usada para descrever os sintomas, às vezes irritantes e desagradáveis, que a mulher sente nos dias que antecedem a menstruação.

Sobre o ciclo menstrual

Menstruação dolorosa

A menstruação pode, às vezes, ser dolorosa, e a maioria das mulheres já sofreu em um momento ou outro com as dores da menstruação. Algumas mulheres têm uma menstruação muito dolorosa (chamada de dismenorreia), que pode causar um grande desconforto por alguns dias a cada ciclo menstrual.

As dores da menstruação podem ser tratadas com medicamentos para dor de venda livre, mas, se você tiver uma menstruação muito dolorosa, consulte um médico.

Menstruação com fluxo pesado

A menstruação de algumas mulheres tem um fluxo muito pesado. Esse tipo de menstruação se chama menorragia e é definido como um sangramento muito pesado e prolongado. A maioria das mulheres expele aproximadamente seis a oito colheres de chá de sangue por menstruação, mas isso não é sempre possível de se medir. Se perceber que precisa trocar o tampão ou absorvente muitas vezes ao dia (mais que o recomendado pelo fabricante) e vir grandes coágulos de sangue, você poderá ter uma menstruação com fluxo mais pesado que o normal.

Esse fluxo pesado podem ser causado por diversos fatores, inclusive um desequilíbrio hormonal, um dispositivo intrauterino (DIU) ou miomas — embora, para muitas mulheres, a causa possa ser desconhecida.

Fluxos pesados não são necessariamente dolorosos. Mas, se você infelizmente for acometida com uma menstruação pesada e dolorosa, e ficar menstruada impede que você dê continuidade à sua rotina por alguns dias, consulte seu médico e converse sobre as alternativas de tratamento para a dor e o sangramento pesado.

Recomenda-se que você consulte seu médico se continuar a ter uma menstruação pesada para garantir que não se torne anêmica (tenha uma deficiência de ferro, que pode fazer com que você se sinta cansada e fraca).

Se ele for causada por um desequilíbrio hormonal, há diversos medicamentos que podem ser prescritos para corrigir o desequilíbrio. Para outras causas, tratamentos alternativos estão disponíveis.

Ausência de menstruação

Algumas mulheres, após terem um ciclo completamente regular por alguns anos, começam a não ter a menstruação por um bom tempo. A primeira coisa a se fazer se isso acontecer é descartar a possibilidade de gravidez fazendo um teste de gravidez caseiro.

O termo clínico para a ausência de menstruação por mais de seis meses é “amenorreia”. Existem muitos motivos pelos quais sua menstruação pode ser subitamente interrompida, inclusive ganhar ou perder peso muito rapidamente, exercícios físicos em excesso e estresse. Se sentir fogachos e diminuição da libido, você pode estar sentindo os primeiros sinais da menopausa (perimenopausa).

Independentemente de seus sintomas, consulte seu médico se a menstruação regular mudar ou parar.

O que é a tensão pré-menstrual (TPM)?

O que é a TPM?

A tensão pré-menstrual (TPM), também chamada de síndrome pré-menstrual (SPM), é um termo usado para descrever a ampla gama de sintomas que as mulheres desenvolvem durante a segunda metade do ciclo menstrual.

A TPM inclui toda uma gama de sintomas, e estima-se que até 75% das mulheres tenham TPM uma ou mais vezes por mês. Eles podem incluir

  • seios sensíveis ao toque

  • depressão

  • ansiedade

  • dor de cabeça

  • cansaço

  • irritação e agressividade

  • abdome inchado

  • vontade de consumir certos alimentos

Os sintomas da TPM são sentidos, na maioria das vezes, por mulheres com 20 a 30 anos de idade, embora todas as mulheres que menstruem estejam suscetíveis à TPM. Para a maioria das mulheres, os sintomas causam apenas desconforto ou dificuldades leves a moderadas, mas em alguns casos a TPM pode ser grave. Uma TPM grave é chamada de transtorno disfórico pré-menstrual (TDPM).

O que causa a TPM?

É provável que a TPM seja a resposta do corpo às mudanças nos níveis dos hormônios associados ao ciclo menstrual, mas ninguém conhece de fato sua causa. Acredita-se também que mudanças químicas no cérebro possam estar envolvidas na TPM e que a alimentação tenha também um impacto (especialmente alimentos salgados e bebidas com cafeína).

Como sei que tenho TPM?

Existem várias maneiras de diagnosticar a TPM, mas não há nenhum exame definitivo. Também existem doenças com sintomas semelhantes aos da TPM, então, se você estiver preocupada, consulte um médico.

Para ajudar a diagnosticar a TPM, mantenha um diário por três ou quatro meses e registre quaisquer sintomas físicos e mentais da TPM que você tiver e o momento de sua ocorrência, junto com os dias de sangramento. Também ajudar anotar brevemente como você está se sentindo a cada dia. Após três ou quatro meses, você poderá provavelmente reconhecer um padrão dos sintomas. Embora o padrão possa varia de ciclo a ciclo, as mulheres com TPM tendem a notar que os sintomas deixam de existir rapidamente quando a menstruação começa. Outro padrão que pode ajudar o médico a diagnosticar a TPM é ter uma semana, durante o ciclo menstrual, em que os sintomas estão completamente ausentes.

O que posso fazer para aliviar o desconforto causado pelos sintomas?

Existem várias opções para aliviar os sintomas da TPM, mas encontrar um método que funcione para você pode levar várias tentativas.

Algumas das coisas mais simples que já se sabe que ajudam são beber bastante líquido e ter uma alimentação saudável. É uma boa pedida ingerir muitos vegetais e frutas frescos e reduzir a quantidade de sal, açúcar e alimentos processados. Muitas mulheres comentam que evitar cafeína (encontrada comumente em chás, café e refrigerantes à base de cola) e álcool durante a TPM pode reduzir os sintomas. Também foi sugerido que tomar suplementos de vitamina B6 e óleo de prímula é um jeito possível de reduzir os sintomas.

Praticar exercícios físicos regularmente também pode ajudar, principalmente porque os exercícios reduzem o estresse e a tensão e podem melhorar o humor. Se você tiver TPM, ande, nade ou corra para reduzir os sintomas na menstruação. Tente fazer uma rotina de 30 minutos, 3 vezes por semana.

Se essas simples mudanças de estilo de vida não ajudarem a melhorar a TPM, consulte um médico para mais informações.